quinta-feira, 2 de setembro de 2010


A Copenhagen Suborbitals, uma empresa emergente de tecnologia aeroespacial da Dinamarca, anunciou que fará nos próximos dias o primeiro voo do seu projeto espacial privado, com o lançamento do Hybrid Exo Atmospheric Transporter - (Heat-4).

Se posto dessa forma o feito pode impressionar, saiba que a mesma história pode ser contada de forma bem diferente.

Kristian von Bengtson e Peter Madsen estão honrando seu passado viking: os dois engenheiros vão colocar em órbita um foguete construído praticamente no quintal de casa.

Segundo os engenheiros, o custo total do projeto foi de cerca de US$65.000,00, totalmente arrecadados por doações do público e de patrocinadores.

Homem-foguete espacial

Homem-foguete quer ir ao espaço com nave caseira
O astronauta voará de pé, no interior de uma cápsula de pouco mais de 60 centímetros de diâmetro

Nos próximos dias será feito o primeiro teste do foguete sem tripulante. Mas, se tudo der certo, Bengtson, que já trabalhou na NASA, será alguma coisa parecida com o primeiro homem-foguete espacial.

O astronauta voará de pé, no interior de uma cápsula de pouco mais de 60 centímetros de diâmetro. Em compensação, ele poderá se tornar o primeiro astronauta a ter uma visão de 360º do espaço, graças a um domo totalmente transparente.

O foguete, de 9 metros de altura e 1,6 tonelada, deverá ser lançado do mar, com o auxílio de um submarino. Pelos cálculos dos dois amigos, o foguete deverá atingir uma velocidade de 2 mil km/h, em 60 segundos - durante o teste inicial.

Mas isto deverá ser o suficiente para levar a cápsula com Bengtson a bordo a 100 quilômetros de altura, em um voo suborbital que deverá durar cerca de 5 minutos. A cápsula cairá então de volta, devendo descer de paraquedas no Mar Báltico

0 comentários:

Postar um comentário

comenta por favor faz um comentario aqui