domingo, 21 de novembro de 2010




Mochila voadora

O piloto comercial britânico Stuart Ross está testando uma mochila-foguete capaz de voar a 100 km/h e a mais de 30 metros de altitude.

Além de ter desenvolvido o seu próprio dispositivo, Stuart Ross também está aprendendo a voar em um protótipo que já foi usado com sucesso por outros pioneiros.

O britânico se apaixonou pelo conceito da mochila-foguete há anos. O sonho já lhe custou cerca de R$ 270 mil.

Só o combustível, a base de peróxido de hidrogênio, uma espécie de água oxigenada em alta concentração, custa o equivalente a R$ 27 por segundo.

Melhor que pisar na Lua

A ideia surgiu pela primeira vez em quadrinhos de ficção científica da década de 1920.

Mas foram as imagens, na década de 1960, do primeiro voo real com mochilas voadoras, que ficaram gravadas na imaginação do piloto comercial.

Até hoje, menos pessoas realizaram voos com mochilas voadoras do que pisaram na Lua.

Stuart Ross pretende entrar neste seleto clube já no ano que vem

0 comentários:

Postar um comentário

comenta por favor faz um comentario aqui